Conheça 4 tendências de recrutamento em TI

A crescente demanda por profissionais de TI têm mudado a forma de encontrar, contratar e reter talentos da área. Neste texto, indicamos 4 novas formas de recrutar em TI que estão fazendo sucesso em processos seletivos e RH de empresas. Confira!

Por que o profissional de TI é tão importante?

Podemos até não perceber, mas muito do que fazemos hoje seria bem mais complicado sem o profissional de tecnologia da informação.

Quando falamos de processos digitais estamos falando de profissionais de TI que desenvolvem, atualizam e otimizam ferramentas como sistemas operacionais, sites, aplicativos e jogos. Já dá para ter uma ideia de quantas atividades do nosso dia a dia dependem de recursos como esse!

No ano passado, a procura por profissionais da área aumentou 1,18% principalmente por conta da pandemia, segundo dados divulgados pela Brasscom (Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação), o que faz todo sentido pois quanto mais dependemos de serviços digitais mais precisamos da TI em nossas vidas.

Tecnologia da informação é destaque em índice de profissões em alta no Brasil 

Antes mesmo da pandemia virar realidade, o LinkedIn já havia previsto que a tecnologia da informação estaria em alta em 2020.

Das 15 profissões publicada no relatório Profissões Emergentes 2020, nove são da área de TI, são elas:

1. Gestor (a) de mídias sociais 

2. Engenheiro (a) de cibersegurança 

3. Representante de vendas

4. Especialista em sucesso do cliente 

5. Cientista de dados 

6. Engenheiro (a) de dados 

7. Especialista em Inteligência Artificial 

8. Programador (a) de JavaScript

9. Investidor (a) Day Trader

10. Motorista

11. Consultor (a) de investimentos

12. Assistente de mídia sociais 

13. Desenvolvedor (a) de plataforma Salesforce

14. Recrutador (a) especialista em Tecnologia da Informação 

15. Coach de metodologia Agile

Em negrito, estão selecionadas as nove profissões ligadas à tecnologia da informação.

Para acessar o relatório completo, clique aqui. Com pandemia ou sem pandemia, é impossível imaginarmos a Era Digital sem profissionais de TI.

Novas formas de recrutar em TI: conheça 4 tendências de contratação

Recursos como Inteligência Artificial, análise de dados e entrevistas on-line estão cada vez mais presentes em processos seletivos de TI. Foto: Pixabay

  • Sites de vagas

Uma das maneiras mais acessíveis de encontrar vagas ou profissionais é através de sites especializados no assunto, como o LinkedIn ou Catho, por exemplo.

É possível filtrar a vaga escolhida por região, ter acesso aos requisitos esperados pela empresa e candidatar-se ao processo seletivo que mais tem a ver com seu perfil.

Outro recurso oferecido pelo site é colocar no perfil a mensagem “Buscando emprego”, visível apenas para recrutadores, o que facilita o trabalho desses profissionais na hora de escolher o candidato ideal.

Além de manter perfis ativos em redes sociais profissionais, muitos candidatos participam de grupos em aplicativos de mensagens voltados para suas áreas de interesse. Lá, diversas vagas são compartilhadas diariamente, tornando a busca por um cargo mais simples e fácil.

E se a empresa estiver em busca de freelancers para realizar trabalhos de curta duração, existem redes sociais com essa finalidade onde o candidato apresenta suas habilidades, últimos trabalhos e orçamentos. 

Redes sociais profissionais e de negócios para conhecer e selecionar candidatos: 

– LinkedIn

– Catho

Workana

99freelas

99jobs 

  • Inteligência artificial

Já que estamos falando de tecnologia, nada mais coerente do que utilizarmos recursos automatizados para realizar processos. E por que não tornar as contratações mais ágeis e otimizadas?

Muitas empresas têm usado a inteligência artificial em recrutamentos de TI através do uso de bots para realização de entrevistas, digitalização e análise de documentos necessários para obter as competências ideais, entre outros recursos.

  • Análise de dados

A análise de dados é outra ferramenta que tem sido muito utilizada para recrutar profissionais de TI.

Com ela, é possível obter informações como quanto tempo o funcionário ficará na empresa, quais suas principais habilidades, qual sua produtividade diária, entre outros dados importantes em qualquer recrutamento.

  • Seleção interna de candidatos

Antes de abrir vagas para candidatos de fora, muitas empresas analisam o desempenho de seus próprios funcionários para selecionar profissionais internamente.

Essa opção reduz o retrabalho envolvido em processos seletivos e ainda garante a retenção de talentos dentro da equipe.

Tecnologia e diversidade devem caminhar juntas

Por conta da pandemia do novo coronavírus, realizar entrevistas de emprego pela internet foi a alternativa que as empresas encontraram de selecionar candidatos. Foto: Pixabay

Ao mesmo tempo que processos digitalizados trazem vantagens para o recrutamento, as empresas devem ficar atentas para que o uso da tecnologia não afete a diversidade entre os candidatos.

Desenvolver programas neutros é uma grande dificuldade de quem emprega tecnologias como inteligência artificial, por exemplo, para analisar e selecionar candidatos. Por isso, é necessário criar algoritmos que levem em consideração a diversidade e a inclusão em processos de seleção automatizados.

De nada adianta utilizar tecnologia de última geração em processos seletivos se os candidatos escolhidos continuam sendo os mesmo que já ocupam a maior parte das vagas de TI – homens brancos de classe média/alta. 

Opções não faltam para tornar o recrutamento em TI mais simples, rápido, inclusivo e econômico. Agora só falta aplicar essas dicas na sua empresa e começar a registrar bons resultados!

Se você está em busca de desenvolvedor para sua empresa, clique aqui e conheça algumas das possibilidades que a {Parças}™ pode gerar para você:

Encomendar Bootcamp | Abundância de Propósito

Inscrição Bootcamp CYBER| Quebrada

Inscrição Bootcamp PRO| Ressocialização

Processo Seletivo p/ E-commerce | Loja Virtual 

Mentor(a) Voluntário de Desenvolvimento Técnico  

Mentor(a) Voluntário de Inteligência Emocional