Como obter sucesso no recrutamento remoto de desenvolvedores

Contratar profissionais que trabalham a distância faz cada vez mais parte da realidade das empresas de TI, mas realizar o recrutamento remoto de desenvolvedores não é tarefa fácil.

Como escolher alguém que você nunca viu para trabalhar na sua empresa? Como garantir que o desenvolvedor vai cumprir os requisitos da vaga sem acompanhar o trabalho de perto? Essas são questões comuns de quem realiza recrutamento remoto de desenvolvedor ou qualquer outro profissional da área.

Para ter sucesso nessa empreitada, separamos as melhores dicas para ter sucesso no recrutamento a distância e encontrar o desenvolvedor ideal durante o recrutamento remoto. Confira!

Como ter sucesso no recrutamento remoto de desenvolvedor

Antes da pandemia do novo coronavírus, o home office não fazia parte da rotina de 51% das empresas brasileiras, segundo pesquisa realizada pela ISE Business School.

Após adotar o trabalho remoto, 80% dos gestores disseram gostar do novo jeito de trabalhar. Além disso, 90% dos entrevistados afirmaram que o home office ajudou a melhorar as relações familiares.

Agora, o trabalho remoto deixou de ser tendência para se tornar uma realidade do mercado e recrutadores de todo o país estão se adaptando a novas formas de contratação.

Na área de tecnologia da informação, a grande questão agora é encontrar formas de ter sucesso no recrutamento remoto de desenvolvedores.

A seguir, você vai conhecer estratégias para melhorar seu recrutamento remoto de desenvolvedores e escolher o profissional que sua empresa procura:

Seja objetivo sobre a visão da empresa em relação ao home office

Para que o trabalho remoto dê certo é preciso que empresa e funcionários estejam alinhados quanto à flexibilidade de horários, prazos para entrega do trabalho, entre outros fatores. Foto: Pixabay 

Antes de aderir ao home office é preciso levar alguns fatores em consideração, por exemplo: a produtividade deve ser a mesma se o profissional estivesse cumprindo horário presencialmente.

Aliás, definir o que a empresa entende por “cumprir horário” é fundamental para alinhar o trabalho durante o home office.

Algumas empresas aceitam o trabalho remoto desde que o funcionário cumpra os horários à risca, tendo inclusive recursos para monitorar a produtividade a distância.

Por outro lado, em outras empresas essa cobrança é mais tranquila ou, em alguns casos, inexistente, sendo que o profissional pode ficar à vontade para fazer os horários que preferir desde que cumpra com as obrigações.

É importante apresentar a visão da empresa já na descrição da vaga para evitar o retrabalho caso você contrate alguém que não condiz com o tipo de trabalho esperado.

Trabalhar em casa não é a mesma coisa que estar disponível 24h por dia

Outro fator importante a ser levado em consideração antes de começar o recrutamento remoto de desenvolvedores é ter em mente que quem trabalha em casa não está disponível 24 horas por dia!

Pode até parecer óbvio, mas em muitas empresas chefes, supervisores e outros profissionais em cargos de liderança mandam mensagens fora do horário comercial, o que é algo totalmente desagradável para qualquer funcionário.

Ao mesmo tempo em que o home office virou realidade para muitas pessoas, temas relacionados à saúde mental surgem como um alerta para empresas e funcionários tomarem cuidado com os excessos que podem acontecer durante o trabalho remoto.

Tenha em mente que muitos candidatos vão levar esses fatores em conta até mesmo antes de decidir participar do recrutamento remoto em TI. Por isso, para não correr o risco de perder candidatos em potencial explique que sua empresa leva o trabalho remoto a sério, sem cometer nenhum tipo de abuso durante o processo.

Ofereça estrutura e suporte ao candidato

Outro ponto importante que deve ser ressaltado no recrutamento remoto de desenvolvedores é que tipo de estrutura a empresa proporciona ao funcionário.

Oferecer monitores extras, auxílio com o pagamento da internet e outros benefícios podem ser grandes diferenciais no recrutamento.

Não é porque o profissional trabalha em casa que ele não terá vantagens, lembre-se disso!

Como encontrar o profissional remoto ideal

Entrevistas de emprego virtuais são cada vez mais comum à medida que o trabalho remoto cresce exponencialmente. Foto: Pixabay

Como estamos falando de trabalho remoto, provavelmente toda o recrutamento também será feito a distância, algo completamente diferente de realizar processos seletivos presenciais. 

Para obter sucesso também nessa etapa do recrutamento remoto de desenvolvedores, confira essas dicas para aplicar na sua empresa: 

Aposte nas reuniões virtuais 

Vocês podem estar distantes fisicamente, mas estamos falando de tecnologia então não existe desculpa para não fazer um recrutamento bem feito. 

Reuniões virtuais são uma alternativa para conversar e ver o candidato “cara a cara” mesmo que virtualmente. 

Por isso, aproveite ao máximo esse encontro virtual para conhecer melhor o candidato e obter as informações necessárias sobre suas habilidades profissionais. 

  • Ferramentas para realizar recrutamento remoto de desenvolvedores 

– Zoom 

– Google Meets

– Chamadas de vídeo pelo WhatsApp 

Confira o LinkedIn do candidato 

O LinkedIn é a principal rede de negócios em atividade, e através dela é possível conhecer mais sobre a vida profissional dos candidatos. 

Mas não fique preso apenas a essa rede, descubra se o candidato possui perfis em sites como Medium, Tumblr, Behance e outras plataformas utilizadas para portfólio. 

Sem regionalismos 

Por que se prender aos grandes centros empresariais se o trabalho será a distância?

Procure por desenvolvedores em todo o Brasil, e por que não em até outros países? Saia do eixo Rio-São Paulo e evite regionalismos. Você pode encontrar ótimos profissionais em lugares que ainda não faziam parte do seu radar!

Quer saber mais sobre o que está em alta no mercado de TI? Clique aqui e fique por dentro das novidades!