Conheça 3 estratégias para otimizar a admissão digital da sua empresa

Com a tecnologia cada vez mais presente em nossas vidas, processos de admissão digital para atrair e selecionar candidatos já fazem parte da realidade de muitas empresas. 

Mas mesmo com toda a praticidade oferecida pela internet é preciso saber usá-la da maneira correta não apenas para recrutar o profissional ideal, mas também para tornar toda a experiência do recrutamento mais eficiente do ponto de vista da empresa e do candidato. 

Em mercados com grande índice de turnover, caso da área de tecnologia da informação, se apropriar de tecnologias para tornar a admissão digital mais efetiva é uma prática urgente que depende diretamente do trabalho do RH e de recrutadores de alto nível para colocar essa meta em prática. 

O que é admissão digital 

Admissão digital é quando a empresa realiza todo seu processo seletivo pela internet. 

Desde a divulgação das vagas e recebimento de currículos até a triagem de candidatos, tudo é feito de forma online e sem a necessidade de encontros presenciais em qualquer etapa do recrutamento. 

Vantagens da admissão digital 

Processos de recrutamento e seleção tradicionais estão gradativamente caindo em desuso não apenas por estarem ultrapassados, mas também por conta do surgimento de novas tecnologias e ferramentas essenciais para tornar esse trabalho mais rápido e prático. 

A admissão digital surge como principal recurso do RH das empresas para economizar tempo e dinheiro e para garantir melhores resultados durante a seleção e contratação de profissionais. 

Confira a seguir algumas vantagens da admissão digital: 

Baixo custo de implementação 

Processos de admissão digital são bem mais econômicos do que processos seletivos tradicionais. 

Em modelos sem a presença efetiva de tecnologia o candidato teria que passar por encontros presenciais para realizar dinâmicas ou entrevistas, o que requer tempo e dinheiro de todos os envolvidos no processo. 

Além disso, como o RH é parte fundamental do recrutamento, em empresas com time reduzido provavelmente todos os colaboradores desse setor estariam envolvidos em tempo integral na função de encontrar e selecionar candidatos. 

Com a admissão digital todo o recrutamento pode ser feito a distância e com as ferramentas certas o RH pode focar em várias atividades ao mesmo tempo, o que diminui consideravelmente os custos operacionais da empresa. 

Agilidade durante o processo 

Uma das principais vantagens da tecnologia em qualquer uma de suas aplicações é a automação de processos. 

Com ela, é possível tornar os processos internos da empresa mais simples, rápidos e práticos, o que só beneficia o RH durante a admissão digital. 

Gerenciamento das etapas do processo seletivo 

Já que todo o processo seletivo passa a ser digital, é possível ter mais controle das etapas envolvidas no recrutamento. 

Todos os documentos estão devidamente armazenados e ao alcance dos recrutadores e do RH, facilitando o trabalho e a comunicação durante a seleção de candidatos. 

Só a tecnologia não faz milagre

Mesmo com tanta tecnologia disponível para auxiliar durante o recrutamento, é importante sempre priorizar o fator humano por trás da contratação. Foto: Unsplash

Vale ressaltar que a tecnologia é uma ferramenta usada na admissão digital, mas quem a coordena são pessoas de carne e osso, ou seja, não adianta nada o RH ter recursos de última geração sem levar em conta o fator humano por trás da contratação. 

Sendo assim, investir em bons recrutadores é um ótimo complemento em processos de admissão digital. De preferência, o ideal é que os recrutadores tenham familiaridade com a área em que estão recrutando. 

Por exemplo, o processo seletivo é mais eficiente se o recrutador para uma vaga de TI tiver experiência em tecnologia da informação já que essa é uma área bem específica e com termos que podem parecer de outra língua para quem é de fora. 

Além disso, é necessário pensar de que forma a admissão digital será colocada em prática. Se o processo seletivo for feito através de um aplicativo é fundamental que o app seja responsivo e eficiente já que todo o intuito da admissão digital é o foco na otimização do recrutamento. 

O que não pode acontecer é que a empresa seja apenas um depósito de currículos online ou uma plataforma de anúncio de vagas – isso não atrai nenhum candidato. Lembre-se disso!

Para não cometer erros como esses separamos algumas dicas para tornar o processo de admissão digital da sua empresa mais dinâmico, confira: 

3 pontos essenciais da admissão digital

Capriche na divulgação de vagas porque é através dela que os candidatos decidem ou não se vão participar do processo seletivo da empresa. Foto: Unsplash

Divulgação de vagas

Essa é a porta de entrada para os candidatos entrarem em contato com a empresa. 

Portanto, se a divulgação de vagas não estiver de acordo com a vaga disponível e com o tipo de profissional que a empresa está procurando é possível que o processo seletivo tenha problemas em todas as etapas. 

Por isso, foque nos requisitos técnicos do trabalho, mas também no perfil de candidato ideal para o fit da empresa. 

Use redes sociais e páginas de carreiras para divulgação e não tenha medo de ampliar a seleção para diversas localidades. O bacana da admissão digital é que ela elimina as barreiras físicas e impacta um número maior de candidatos. Assim fica mais fácil de encontrar o profissional ideal!

Testes a distância 

Se todo o recrutamento é feito pela internet não existe motivo nenhum para marcar encontros presenciais. Inclusive, essa prática não faz parte da admissão digital. 

Aposte em testes interativos (como games, por exemplo) para cativar ainda mais o candidato, mas não demore entre um processo e outro. 

Lembre-se que admissão digital é sinônimo de economia de tempo, e em muitas situações o candidato participa de outros processos seletivos ao mesmo tempo, então o ideal é tornar a experiência dele com sua empresa o mais agradável possível. 

Entrevista por vídeo 

Já que estamos falando de processos digitais não faz sentido deslocar o candidato até a empresa para a etapa final do processo seletivo. 

Além disso, a partir do momento que a empresa decide optar pela admissão digital e expandir a seleção para outras localidades é preciso ter em mente que nem sempre o candidato vai estar no mesmo local que a empresa, ou seja, o trabalho remoto é uma possibilidade. 

Ferramentas como Google Meet, Skype, WhatsApp Video e Zoom são muito utilizadas para realizar entrevistas por vídeo e um ótimo recurso para reuniões durante o trabalho remoto. Gostou desse conteúdo? Para saber mais sobre as principais tendências do mercado de TI clique aqui.