Como medir e melhorar a experiência do colaborador de TI

O turnover das empresas de tecnologia é uma realidade do setor. Não é fácil encontrar talento de TI e, quando isso acontece, garantir que esses profissionais continuem na empresa é primordial. Para que isso aconteça, a experiência do colaborador deve ser a melhor possível, mas nem todas empresas sabem como chegar lá. 

Por ser uma área altamente competitiva, dificilmente um talento de TI fica disponível no mercado. Por mais que as vagas de tecnologia tenham aumentado 1,18% em 2020, estima-se que haverá um déficit de 24 mil profissionais por ano até 2024, segundo dados da Associação Brasileira de Empresas de Tecnologia e Comunicação (Brasscom). 

Ainda segundo a Brasscom, a expectativa é de que o setor precise em média de 70 mil profissionais qualificados a cada ano. O estado de São Paulo é o responsável por 42,9% dessa demanda.

Se atrair esses profissionais já é um desafio, reter talentos de TI é uma tarefa adicional para o departamento de RH. 

Experiência do colaborador ou employee experience: o que é 

Também conhecida como employee experience ou EX, a experiência do colaborador é um conjunto de ações implementadas pelo RH com o objetivo de colocar os funcionários no centro de todas as decisões deste departamento. 

Ter um bom salário e benefícios como ticket de alimentação, plano odontológico e outras vantagens não são mais suficientes para medir a satisfação do colaborador em relação ao trabalho e à empresa. Esses fatores são importantes, mas deixaram de ser decisivos para muitos profissionais que veem questões como flexibilidade de horários, saúde mental, acessibilidade, etc. como fundamentais em qualquer ambiente de trabalho. 

Pensar na experiência do colaborador é focar em três aspectos necessários para uma empresa de sucesso: 

Ambiente físico 

Fornecer uma estrutura adequada e acessível é essencial em qualquer empresa. 

Ambiente tecnológico 

É responsabilidade da organização investir em infraestrutura tecnológica para garantir a produtividade da equipe. Não adianta cobrar resultados do colaborador sem fornecer ferramentas para isso. 

Ambiente cultural 

O fit cultural é outro fator importante que deve ser levado em consideração para a melhor experiência do consumidor. A cultura interna deve ser o mais positiva e saudável possível para garantir que a equipe tenha uma boa relação com a organização.

Vantagens de investir na experiência do colaborador

Colaboradores felizes produzem mais e cultivam uma visão positiva sobre a empresa, fatores diretamente relacionados com a retenção de talentos. Foto: Unsplash

Todo mundo sai ganhando quando o assunto é experiência do colaborador. 

Pequenas atitudes podem fazer toda diferença na rotina empresarial, garantindo a permanência dos funcionários e evitando a rotatividade de profissionais e, consequentemente, gastos com novos processos seletivos. 

Dentre as vantagens da experiência do colaborador, estão: 

– Aumento do engajamento dos funcionários e da produtividade; 

– Reduz a rotatividade (turnover) de funcionários; 

– Reduz custos com novos processos de recrutamento e seleção; 

– Melhora o clima interno da empresa; 

– Melhora a comunicação interna;

– Fortalece a cultura organizacional.

3 métricas para medir a experiência do colaborador

Além de oferecer um bom salário e proporcionar um ambiente saudável, é preciso analisar o que mais a empresa entrega de valor para seus colaboradores. Foto: Unsplash

Otimização de sistemas internos 

Computadores lentos, internet que não conecta, relatórios ultrapassados. Esses são fatores que podem comprometer a produtividade da equipe e minar a experiência do colaborador dentro da empresa. 

Se uma das funções da TI é otimizar processos e desenvolver ferramentas para que a rotina fique mais fácil, por que não fazer o mesmo com a própria equipe? 

Não faz sentido contratar profissionais altamente qualificados se eles não conseguem trabalhar por conta de falhas da estrutura interna da empresa. 

É preciso fornecer aos colaboradores os recursos necessários para que seu trabalho seja aproveitado ao máximo. Para isso, é fundamental investir em internet de última geração, computadores modernos e rápidos e ferramentas tecnológicas para medir resultados invés de planilhas tradicionais que tomar tempo e energia do colaborador.

Além disso, outros aspectos podem influenciar a experiência do colaborador na empresa, como falta de ar condicionado no local de trabalho ou não prezar pela higiene do escritório.  

Análise de desempenho 

Se seu time está rendendo pouco e não está entregando os resultados esperados então temos um problema. 

Nem todos os dias são produtivos e é preciso lembrar que o colaborador não é um robô! Ter um dia ruim de trabalho é diferente de não entregar resultados positivos há meses – é importante saber a diferença. 

O primeiro passo é descobrir o que está causando a baixa produtividade, e para resolvê-la a análise de desempenho será uma ótima aliada para medir a experiência do colaborador. 

Como não existe um modelo fixo de como a análise de desempenho deve ser, a empresa deve criar sua própria análise levando em consideração a realidade da organização. Se a equipe de TI trabalha 100% no home office então a análise de desempenho não será a mesma para um time presencial, lembre-se disso. 

Monitorar o desempenho da equipe é uma estratégia prática para encontrar, solucionar problemas e aprimorar a experiência do colaborador. 

Aposte no feedback 

Como medir a experiência do colaborador sem saber qual sua opinião sobre a empresa? Para descobrir o que e onde está errando basta perguntar. 

Formais ou informais, os feedbacks fornecem informações de ouro para qualquer empresa e devem ser feitos regularmente – não só no final do ano! 

Como alguns colaboradores podem se sentir desconfortáveis para dar opiniões negativas sobre a liderança, um jeito fácil de resolver esse problema é criar formulários para feedbacks anônimos. O que não pode acontecer é deixar o feedback de lado ou ignorar sua importância para medir a experiência do colaborador. 

Gostou desse conteúdo e quer aprimorar ainda mais a experiência do colaborador na sua empresa? Clique aqui e fique por dentro das últimas novidades do mercado de TI.